sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Boletim Informativo, 01 de março de 2015


“...a fim de que, da presença do Senhor, venham tempos de refrigério,(...)” At. 3.20

Rev. Cleverson Gilvan

            Quando Pedro pregou no templo de Jerusalém sobre o evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo, ele ultimou seus ouvintes a se arrependerem dos seus pecados e a se converterem. E esse, sem sombra de dúvidas, é o aspecto mais urgente da mensagem da salvação: Que os homens se arrependam e se convertam ao Senhor. Mas quero chamar sua atenção para o efeito desta transformação espiritual, conforme registrado no verso 20.
            Pedro diz que os arrependidos dos seus pecados experimentarão tempos de refrigério na presença do Senhor. E esta verdade foi testemunhada por Davi nas Escrituras.
            O rei Davi declarou que enquanto ele calou os seus pecados ele envelheceu pelos seus constantes gemidos todo o dia (Sl. 32), e isto era assim porque a mão do Senhor pesava sobre ele. Certamente não podemos supor que a alegria do Senhor nos alcançará enquanto não confessamos nossos pecados e os abandonamos, mas aqui, Pedro diz que no Senhor há refrigério.
            A mesma Palavra tem nos convidado a uma experiência arrebatadora. Coloque seus pecados diante de Deus pela confissão, arrependa-se e abandone-os e experimente o refrigério do Senhor. Ele pode dar alívio à consciência agredida pela culpa do pecado não confessado. Pense nisso!  

Avisos

Curso do IBEL 2015
Louvamos a Deus pela vida dos alunos do IBEL que estão chegando para o curso do ano de 2015. Que Deus abençoe e sustente cada aluno!

Breve reunião do Conselho
Hoje, após o culto, teremos uma breve reunião com os presbíteros.

Ceia na Congregação Filadélfia
Durante a Escola Dominical o Rev. Cleverson ministrará a ceia na Congregação Filadélfia.

Celebração da Ceia do Senhor
Durante o culto noturno participaremos da celebração da Ceia do Senhor. Prepare-se em oração para este momento tão especial!

Aniversariantes
01/03
Alberto Brasileiro
Central
01/03
Edson Madalena
Alto da Estação
01/03
Miquéias B.F. de Oliveira
Central
02/03
Wagner Oliveira Silva
Alto da Estação
02/03
José Rodrigues dos Santos
Central
02/03
Tiago Pereira de Araújo
Filadélfia
02/03
Karini Valadão de Castro Rezende
Central
02/03
Valda Gonçalves
Central
03/03
Maria Aparecida da Silva
Central
05/03
Alda Ribeiro Vasconelos
Central
05/03
Marielly Beatriz
Manancial
06/03
Daniele Wenceslau da Silva
Alto da Estação
06/03
Maria Helena Silva Rosa
Alto da Estação
07/03
Felipe Costa Vicente
Filadélfia

Oficina de Artes
Retornaremos nossas atividades na próxima terça-feira,  dia  03 de março às 13:30h. Convidamos as irmãs que desejam fazer trabalhos manuais e ter momentos de comunhão e evangelização que participem conosco.

Culto Ceia Terceira Idade
No próximo sábado (07/03) as 14:00h na Igreja Central teremos o primeiro culto de comunhão para os irmãos da Terceira Idade. Toda Igreja está convidada a participar.
Caso algum irmão necessite de transporte, favor entrar em contato com a secretaria da Igreja que prontamente será providenciado.

SAF Central
- 03/03 – Executiva as 16:00h – após a Oficina de Artes na Igreja Central.
06/03 – Plenária as 19:30h e logo Vigília de Oração na Congregação Alto da Estação (Dia de Oração das SAF’s do Brasil). Toda Igreja está convidada a participar.
- 10/03 – Reunião de Oração do Projeto Ana – responsável: Joaquina.




ESTUDO DIRIGIDO PARA GRUPOS FAMILIARES
Baseado no sermão do Rev. Cleverson Gilvan na Igreja Central

Gálatas 5.16-18
Tema: Vencendo o pecado

            Na última semana tivemos a oportunidade de meditar no trecho anterior que nos lembrou a importância da mutualidade para a edificação do corpo de Cristo. Devemos amar uns aos outros como prova até mesmo do nosso amor a Deus.
            Mas todos lembramos que esta advertência de Paulo tinha como pano de fundo as desavenças que marcavam o relacionamento entre judeus e gentios. O apóstolo tratava esta questão com a máxima gravidade que lhe é própria, dizendo, inclusive, que se os crentes não resolvessem isso poderiam ser mutuamente destruídos.
            Na mensagem desta semana continuamos tratando um pouco mais sobre o tema, agora olhando os três próximos versos, onde, depois de ter falado sobre os pecados que envolvem nossos relacionamentos, Paulo nos ensina como poderemos vencer esses pecados.
            Sendo assim, considere:

1) Qual é a ordem dada pelo apóstolo no verso 17 e qual o seu resultado?

2) Quais são as marcas de uma vida dirigida pelo Espírito Santo de Deus?

3) O verso 17 ensina que a vida do Espírito é oposta à vida na carne (pecado). Assim, é possível alguém ser verdadeiramente habitado pelo Espírito e escravo dos seus pecados simultaneamente?

4) No verso 18 aprendemos sobre a liberdade que há na vida do Espírito. E, se somos livres, porque existem crentes que não abandonam seus pecados, vivendo como se fosse escravos?